Produtos em uma loja de material de construção: o que não pode faltar?

José era solteiro e estava satisfeito com o banheiro compacto de sua casa. Mas José conheceu Solange e se apaixonou. Em pouco mais de um ano, ele a pediu em casamento e recebeu uma das melhores notícias de sua vida: ele vai ser papai! Mas agora, aquele banheiro simples e um pouco acanhado não lhe atende mais. Há uma família sendo formada e sua pia não comporta mais nem uma escova de dente, o que dizer dos hidratantes e perfumes de Solange.

Em busca de mais conforto e praticidade, José procura a sua loja, pois pretende fazer uma ampla reforma estrutural. Você está preparado para atendê-lo? Ele encontrará todos os materiais que precisa? Se você pensou duas vezes antes de responder essa pergunta, este post é para você.

Existe uma grande variedade de produtos em uma loja de material de construção, mas como saber quais deles são essenciais para os seus clientes? Essa é uma pergunta muito comum. Para respondê-la, é preciso que o varejista saiba qual é o perfil do seu público e quais são as fases que ele passa em sua vida, que corresponde a seus objetivos de compra de material de construção. Pode ser uma mudança, um filho, um casamento ou alguém idoso que veio morar junto.

Quer saber mais e garantir o melhor atendimento em sua loja? Continue a leitura!

As 3 fases do consumidor

1. Construção

A construção é a fase em que o cliente quer construir algo do zero. Ao procurar a sua loja, ele já conversou com o pedreiro e sabe o básico que precisa para começar a obra.

Dessa forma, a loja precisa ter esses itens básicos, como produtos para fundação, estrutura, levantamento das paredes e cobertura. É preciso também ter variedade para que o cliente possa escolher, mas sem esquecer que os materiais precisam ser fortes, duráveis e resistentes. Afinal, se algo der errado na construção da infraestrutura, todo o resto da obra ficará comprometido.

Seguem alguns produtos necessários para essa parte:

  • cimento;

  • areia;

  • brita;

  • cal;

  • ferragens;

  • laje;

  • tijolos;

  • telhas;

  • tubos e conexões em PVC;

  • pregos, parafusos, porcas e grampos;

  • ferramentas em geral.

2. Acabamento

É nessa fase que o consumidor começa a colocar sua personalidade no projeto. Geralmente, são 5 ambientes principais que o cliente possui para fazer os acabamentos: sala, cozinha, quarto, banheiro e área externa. Os elementos dentro desses ambientes precisam combinar e formar uma harmonia, além de correspoderem ao estilo do cliente.

Tendo isso em vista, o lojista precisa ter à disposição uma diversidade de produtos para cada uma dessas áreas. E mais do que isso, é necessário que ele saiba como dar opções de combinação entre as peças para o cliente poder escolher.

Abaixo seguem alguns dos principais produtos dessa fase:

  • torneira;

  • chuveiro;

  • bacias;

  • cubas;

  • lavatórios;

  • ducha;

  • acessórios;

  • filtro;

  • tomada;

  • conector;

  • fechadura;

  • azulejo;

  • piso.

3. Decoração

Aqui o consumidor não quer destruir e reconstruir partes da casa — reformas são para a fase de acabamento — mas quer realizar algumas mudanças na decoração. Isso pode acontecer porque alugou uma casa e quer deixá-la com sua personalidade ou quer mudar as cores da casa em que mora há anos.

A fase da decoração é muito próxima à do acabamento. Porém, no acabamento o cliente vai destruir uma parede, enquanto que aqui ele vai fazer uma pintura com textura ou trocar as luminárias.

Sendo assim, o lojista precisa estar atento às novas tendências para poder ter no seu estabelecimento o que o cliente procura. Afinal, hoje em dia as pessoas primeiro pesquisam o que está em alta para depois comprar. Além disso, é preciso saber indicar os produtos de acordo com o que está bombando no momento.

A seguir seguem alguns itens para a fase de decoração:

  • tinta;

  • luminária;

  • lâmpada;

  • torneira;

  • pincel;

  • solvente;

  • ferramentas em geral.

A importância de ter variedade em produtos

Uma pessoa não faz apenas uma reforma na vida. Pode ser que faça mais, dependendo dos eventos que ocorrem com o passar do tempo. Mas não é só isso, ela vai evoluindo com o passar dos anos, e isso faz com que a casa vá mudando sua decoração de acordo com seu gosto.

Por conta disso, o lojista precisa ter uma variedade de produtos para as três fases do consumidor. Assim, o estabelecimento vai conseguir fidelizar seus clientes. Já que mesmo que ele mude da cidade para o campo e queira objetos mais rústicos, ele vai encontrar na loja que costumava comprar.

Mas além da variedade, é preciso que a loja possua um bom atendimento que, realmente, auxilie o consumidor naquilo que ele mais precisa. Para isso, há três pontos importantes:

Divisão por setores

O cliente tem que chegar na loja e saber identificar os setores de construção, acabamento ou decoração. O consumidor precisa encontrar os produtos que necessita de forma rápida e fácil, tarefa que se torna quase impossível numa loja desorganizada.

Equipe treinada

Os funcionários devem saber divulgar e explicar, de maneira clara, os produtos disponíveis para o consumidor.

Loja bem promovida

Essa questão não se refere somente em ter uma boa vitrine e saber dispor os produtos nas prateleiras. Mas também em divulgar em canais de comunicação, mostrando o que a loja tem a oferecer a seus clientes.

As vantagens em contar com fornecedores reconhecidos

Em geral, os fornecedores reconhecidos são os mais bem informados no mercado e nas novas tendências. Além disso, seus funcionários são bem treinados para saberem comunicar com clareza e objetividade essas tendências aos varejistas.

Dessa forma, selecionando bem seus fornecedores, você saberá o que oferecer a seu público, além de ficar sabendo sobre as mudanças do mercado.

Podemos perceber que uma boa variedade de produtos em uma loja de material de construção é essencial para fidelizar os clientes e, assim, garantir sucesso no mercado. Além disso, é preciso ter uma equipe bem treinada para atender as necessidades dos clientes e explicar sobre as novas tendências do mercado. Por fim, ter bons fornecedores ajuda bastante na escolha dos produtos, para que você tenha variedade, qualidade e novidades para seus consumidores.

Compartilhe sua dúvida ou opinião conosco, e bom trabalho!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *