Como manter o controle do contas a pagar? Entenda

controle de contas a pagar

Comprar qualquer mercadoria em uma loja de material de construção é uma tarefa simples para o consumidor. O grande desafio está por trás do balcão de atendimento. Saber conciliar as entradas e saídas do fluxo de caixa ainda é um dos principais problemas que atingem as empresas.

Embora o controle de contas a pagar seja a única alternativa para organizar as finanças, nem sempre as lojas conseguem realizá-lo de maneira eficiente.

Mais do que registrar pagamentos ou despesas, o controle de contas a pagar é uma ferramenta indispensável para qualquer negócio. Através dele, uma loja de material de construção pode planejar investimentos, de acordo com a situação atual do caixa.

Com isso, uma empresa consegue evitar prejuízos ou situações de crise, por exemplo.

Qual a importância de manter o controle financeiro?

Em um piscar de olhos, grandes empresas estão fechando suas portas. Isso mostra que, por mais lucrativa que seja uma loja, sem um planejamento financeiro adequado é impossível sobreviver diante de um mercado tão estrategista e concorrido nos dias atuais.

Em resumo, conhecer o destino do próprio dinheiro possibilita muitas vantagens para a empresa. Em primeiro lugar, sua loja consegue descobrir quais são as despesas fixas, ou seja, os pagamentos que deverão ser realizados e o dinheiro necessário para isso. Afinal, as dívidas são um grande pesadelo para qualquer empreendedor.

Além disso, por meio do controle de contas a pagar, sua loja poderá se programar melhor para determinados períodos, como liquidações ou datas comemorativas. Assim, será possível analisar os preços, o capital disponível para qualquer tipo de investimento e até mesmo os prazos para pagamentos ou recebimentos.

Sem falar que as negociações com fornecedores também serão afetadas, proporcionando vantagens na solicitação de descontos, de acordo com sua necessidade financeira.

Conforme mostramos, na teoria é simples aceitar que o planejamento de finanças é um método de sobrevivência no mundo dos negócios. Mas e na prática? Conheça então algumas dicas que podem ajudar sua loja no controle de contas a pagar, garantindo assim excelentes resultados!

Registre as despesas

O primeiro passo para iniciar o controle de pagamento de maneira eficiente é registrar tudo o que acontece no seu fluxo de caixa. Conhecer quais são as despesas fixas e os gastos diretos ainda é a melhor maneira de organizar os pagamentos e recebimentos na rotina da sua empresa.

Vale lembrar que, toda despesa fixa está relacionada ao funcionamento da sua loja, como remunerações dos funcionários, contas de água, energia, entre outros, enquanto os gastos diretos se referem às prestações de serviços em geral.

Ter todos os lançamentos e saídas registrados pode ajudar muito mais do que imaginamos, pois a partir deste acompanhamento sua loja consegue perceber quais são os lucros e prejuízos. E, assim, sua loja pode pensar em estratégias eficientes para melhorar os rendimentos, diante de dados que são confiáveis.

Pague as contas sem atrasos

Os juros ainda são um grande vilão quando o assunto é saúde financeira, não é mesmo? Atrasar um pagamento se tornou algo natural no mundo dos negócios, porém, quando essa prática se torna frequente, os lucros podem ser comprometidos a curto, médio e longo prazo.

Sendo assim, para evitar o acúmulo de boletos vencidos, estipule prazos para efetivar o pagamento, de acordo com o fluxo do caixa da sua loja. Outra maneira interessante é o adiantamento de pagamentos, o que elimina qualquer chance de esquecimento ou imprevistos que possa ocorrer na rotina da empresa.

Em resumo, os juros nada mais são do que dinheiro desperdiçado, ou seja, que poderia ser utilizado de melhor maneira dentro da sua empresa. Se possível, lembre-se ainda de utilizar algumas estratégias de negociação na hora do pagamento, incluindo a solicitação de descontos.

Evite misturar as finanças pessoais

Misturar o dinheiro pessoal é um hábito que muitos empreendedores possuem; porém, poucos assumem. Uma simples quantia no caixa, de origem particular, é suficiente para comprometer o fechamento do dia.

Como sua loja poderá saber se está lucrando ou no prejuízo, se o dinheiro disponível não faz parte da entrada ou saída do caixa? Fazer essa pergunta é muito importante e pode apontar o quanto este gesto é prejudicial para os negócios.

Dessa forma, evite misturar os rendimentos pessoais, ainda que seja para realizar um pagamento urgente, combinado?

Renegocie as dívidas em atraso

Para uma empresa, independentemente do seu tamanho, ter contas em atraso é uma situação comum. O grande desafio é não acumular as dívidas e piorar toda a situação financeira. Com isso, analise quais contas estão vencidas e calcule os valores, somando sempre os juros.

Após isso, entre em contato para tentar realizar uma possível negociação. Além de dar menos dor de cabeça, fazer um acordo ou até mesmo um parcelamento é importante para manter o controle financeiro em dia, evitando situações de crise dentro da sua loja de material de construção.

Assim, renegociar o quanto antes as dívidas é um método inteligente que pode reduzir os juros, propondo opções de pagamentos mais vantajosas.

Automatize todos os processos

Já imaginou manter todas as entradas e saídas em uma mesma planilha? Sem dúvidas, essa não é uma tarefa fácil e que demanda tempo e paciência. Por isso, automatizar os processos por meio de um software é um investimento inteligente e que pode oferecer apenas vantagens para sua loja de material de construção.

Além de organizar as informações, algumas plataformas podem proporcionar outros benefícios, como:

  • backup de arquivos,
  • maior segurança,
  • compartilhamento em rede,
  • rapidez nas consultas,
  • desenvolvimento de gráficos,
  • entre outros.

Nessas horas, contar com o auxílio da tecnologia faz toda a diferença no controle de contas a pagar.

Chegamos ao fim do nosso conteúdo sobre como manter o controle de contas a pagar. Neste post, mostramos a importância da organização financeira e como sua loja de material de construção pode aplicá-la no dia a dia.

Anotou todas as nossas dicas? Então continue aprendendo ainda mais com a gente! Basta ler o nosso próximo post sobre “Planejamento Financeiro para pequenas empresas: 5 dicas para ser mais eficiente“.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *