Como definir a margem de lucro de sua loja? Entenda

Ao avaliar a saúde financeira do seu negócio, muitos pequenos empreendedores se concentram nos números errados. Por exemplo, boa parte deles nem sequer sabe o que seja a margem de lucro.

No final das contas, é ela que vai dizer se vale a pena vender determinado produto. Calculada tendo em vista os custos desse produto, ela define o preço que ele deve ter para que você lucre satisfatoriamente.

Ou seja, é fundamental que esse cálculo seja aplicado em cada item que a sua loja comercializa.

Pensando em deixar essa conta bem mais clara para você, preparamos um artigo que explica de maneira fácil de entender o que é margem de lucro, sua importância e como calcular. Leia até o fim:

O que é margem de lucro

Explicada da maneira mais simples possível, a margem de lucro é o valor em porcentagem do preço final de um produto que realmente se converte em lucro para você.

Imagine a seguinte situação: se você vende um tipo específico de argamassa de uma determinada marca a 30 reais o pacote, mas lucra apenas 1 real com cada pacote vendido, a conclusão óbvia é que tem que vender muito para ter um lucro significativo.

O que o leva a se fazer a seguinte pergunta: vale realmente a pena comercializar esse produto? Um lucro tão pequeno compensa o esforço de negociar com fornecedores, receber o material e instruir vendedores sobre seus benefícios e como oferecê-lo?

Ou seria melhor simplesmente se recusar a comercializar essa marca, pela baixa lucratividade que ela oferece?

Repare que esse é um raciocínio matemático muito mais importante do que apenas considerar o seu faturamento no final do mês, ou subtrair os custos variáveis e fixos e verificar apenas o lucro total da sua loja, sem pensar nos produtos separadamente.

A margem de lucro e o seu espaço físico

O espaço físico da sua loja não é ilimitado. Assim, a argamassa do nosso exemplo pode estar ocupando um lugar na sua prateleira que poderia ser dedicado a um produto com lucratividade maior.

Ou então, você poderia chegar à conclusão de que precisa cobrar mais caro por essa argamassa, para justificar a baixa lucratividade.

Se conseguir aplicar esse cálculo em todos os produtos que você vende, o seu lucro pode subir sem muito investimento e esforço.

Como calcular a margem de lucro

Vejamos uma maneira bem simples de calcular a margem de lucro de um produto. A fórmula é bem fácil de entender:

MARGEM DE LUCRO = LUCRO BRUTO / RECEITAS TOTAIS x 100

Antes de realizar essa divisão, claro, é necessário saber como chegar ao lucro bruto e às receitas totais. Vamos entender o que eles são e como calcular essas duas coisas para, a partir deles, você chegar no cálculo da margem de lucro de um produto.

Lucro bruto e receitas totais

O lucro bruto é o que sobra do valor de venda de um produto depois que você desconta o que gastou com a venda desse produto. A fórmula do lucro bruto é a seguinte:

LUCRO BRUTO = RECEITAS TOTAIS – CUSTOS

Assim, por exemplo, a argamassa do nosso exemplo é vendida a 30 reais o pacote. Mas você pagou ao fornecedor um preço por ela, que faz parte dos custos.

Outros gastos que você tem para comercializar o produto também devem ser contabilizados na categoria “custos”, como, por exemplo, transporte ou o valor da entrega do produto, se você oferece esse serviço.

Vamos supor que tudo isso saia por 18 reais. Ou seja, para cada pacote de argamassa vendido, você tem 18 reais de custos. A conta ficaria assim:

LUCRO BRUTO = 30 – 18

Ou seja, o seu lucro bruto sobre cada pacote de argamassa é de 12 reais. Já é um bom número para avaliar a viabilidade da venda desse produto, não é mesmo?

Como deve ter dado para notar, as receitas totais são o valor que você recebe pela venda do produto, do qual foram subtraídos os custos. No nosso exemplo, são os 30 reais.

O cálculo da margem de lucro

Agora que você já sabe o que significam receitas totais e custos — além de ter aprendido a calcular o lucro bruto — já podemos aplicar o cálculo da margem de lucro. Se a margem de lucro é o lucro bruto dividido pelas receitas totais e multiplicado por 100, a nossa conta ficou simples:

MARGEM DE LUCRO = 12/30 x 100

O resultado da divisão dá 0,4. Como dissemos no início deste artigo, a margem de lucro é calculada em porcentagem. Portanto, a última etapa é multiplicar o resultado por 100 para obtê-la:

0,4 x 100 = 40

Ou seja, a sua margem de lucro no pacote de argamassa do nosso exemplo é de 40%. Nada mal, hein? No final das contas, valeu a pena comercializar esse produto, já que quase metade do preço dele vira lucro para você.

Como a margem de lucro influencia a precificação

Então, qual é a relação entre a margem de lucro e o preço dos produtos que você vende? É a mais direta possível: se a sua margem de lucro é baixa, você precisa aumentar o preço dos produtos para lucrar mais.

E isso não é tão simples quanto parece. Em alguns casos, você simplesmente não consegue aumentar os preços. Por exemplo, se o fornecedor tem com você um contrato no qual ele delimita o preço final do produto.

Ou, ainda, quando o consumidor simplesmente vai deixar de comprar o produto — ou comprar de um concorrente — se você aumentar o preço.

Esse seu concorrente pode ser uma cadeia enorme de lojas de material de construção, que é capaz de negociar o preço com o fornecedor baseado na quantidade de itens que ela compra.

Ou seja, conhecer a margem de lucro dos seus produtos e manipular isso com inteligência é fundamental para a saúde do seu negócio. Comece a aplicar esse conceito agora mesmo!

Neste blog, temos também um artigo sobre margem e markup. Se compreender bem esses conceitos, você vai dar um passo a mais em direção à longevidade do seu negócio. Não deixe de ler!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *