Como analisar o comportamento do consumidor para oferecer melhores soluções?

comportamento do consumidor

A melhor fonte de informação de uma empresa são seus clientes. Por isso, conhecer o comportamento do consumidor é fundamental.

O maior investimento de uma organização é aquele feito em ferramentas e especializações que permitam analisar os hábitos de consumo e as demandas de seus clientes.

Ao realizar um estudo comportamental, a loja de material de construção pode traçar um perfil que permita uma visão macro de seus clientes, utilizando-se das características comuns a todos os consumidores. Assim, a marca tem mais facilidade na hora de criar campanhas, planos de ação e iniciativas promocionais.

A oferta de produtos e de serviços também se torna mais precisa quando há um profundo conhecimento acerca de como o consumidor se comporta: como, quando e o que ele consome são dados relevantes que a empresa deve estar pronta a angariar.

Um cliente potencial só se torna fiel quando recebe tratamento personalizado e percebe sua exclusividade, sentindo que a companhia está de fato preocupada em atender a suas expectativas.

Queremos ajudar sua loja de construção a moldar essa análise da sua carteira de clientes, tornando-a mais objetiva e voltada aos resultados. Pensando nisso, listamos as melhores dicas para você seguir. Confira!

O que é a análise de comportamento do consumidor?

As empresas que têm a capacidade de fidelizar os seus clientes ganham muito com isso. Um cliente fiel, além de um termômetro da marca, é também um propagador dessa empresa.

Um cliente fidelizado contribui para o marketing boca a boca ao indicar a loja para seus conhecidos. Sua frequência de compra e seu nível de satisfação com a marca também são interessantes para mensurar o sucesso das ações da empresa.

E como fazer para tornar o consumidor fiel à sua marca? A resposta está no domínio sobre o comportamento do consumidor. O primeiro benefício em se entender os hábitos do cliente é justamente gerar afetividade entre ele e empresa, o que acarretará em maior número de vendas e em uma marca com mais força no mercado.

Para iniciar a análise do comportamento do consumidor, há três instâncias que devem ser avaliadas:

Comportamento pessoal

Ao traçar estratégias e planos de ação, é preciso ter em mente que as pessoas, mesmo que pertençam à mesma classe social ou circulem pelos mesmos ambientes culturais, são também motivadas por hábitos e questões particulares, que tem um imenso poder para formar e modificar hábitos de consumo.

Entenda em qual estágio está o consumidor para conhecer o perfil dele: preocupe-se em saber o sexo, idade, estado civil e outras informações relevantes. Cada aspecto da vida pessoal pode ser um diferenciador importante na hora de consumir certos produtos.

Comportamento cultural

As questões culturais também são extremamente relevantes na hora de estudar o comportamento do consumidor.

Esteja por dentro do gosto pessoal, das inclinações religiosas, das preferências artísticas, hábitos alimentares e demais questões ligadas à cultura da sociedade ou comunidade em que está inserido o cliente em potencial.

Comportamento social

Não menos importantes, os aspectos sociais também têm sua grande relevância no estudo dos hábitos da clientela.

Visto que somos seres sociais, o estudo do comportamento deve levar em conta os agrupamentos em que o consumidor se encontra. Pesquise o máximo possível sobre suas relações com amigos e familiares, seus aspectos profissionais, etc.

Aqui também entram questões como a média de gastos do cliente, a classe social, a frequência de compras e a localização geográfica.

Como analisar o comportamento do consumidor?

Já percebeu a importância em estudar os hábitos de sua clientela, certo? Mas, na hora de colocar as ações em prática, podem surgir as dúvidas. Por isso, montamos um roteiro com os aspectos que devem ser considerados na análise feita por sua loja de material de construção.

São eles:

Quem é o cliente

Aproveite os três comportamentos supracitados para definir quem é o seu cliente. É importante descobrir os dados demográficos sobre eles, como e de onde eles compram, em qual horário costumam comprar, quanto eles gastam em média e qual a sua frequência de compras.

Com essas informações em mãos, é possível criar ofertas personalizadas para cada perfil de cliente, otimizando as vendas e até a logística. O gestor ainda pode aproveitar as informações para traçar estratégias, levando sua marca aos locais onde estão concentrados seus potenciais clientes.

Quem não corresponde ao perfil de cliente

Não basta conhecer o cliente: o gestor deve também saber que tipo de consumidor não se adéqua ao perfil de consumo da empresa, evitando gastar em ações para conquistar esse público.

Cada pessoa tem um perfil comportamental diferente que pode não ser aderente à sua cultura organizacional. Foque nos potenciais clientes para obter resultados mais relevantes.

O que sua loja vende

É preciso controlar atentamente tudo o que a empresa comercializa. É possível que sua loja esteja vendendo um produto ou serviço que não esteja gerando os resultados esperados. Por que continuar com esse produto em vez de investir em algo que está alinhado às demandas de seus clientes?

O que o cliente busca em sua loja

Fique a par do que leva os clientes até sua loja de material de construção. Eles podem estar buscando algo que sua companhia ainda não oferece — mas que o gestor pode começar a ofertar.

Adeque seus serviços às expectativas do mercado para obter mais sucesso em suas vendas e potencializar o diferencial competitivo de sua marca.

O que o cliente pensa das concorrentes

Descobrir a percepção do seu consumidor sobre a concorrência é essencial para descobrir em quais aspectos a companhia pode melhorar. As ações da equipe de vendas e o mix de produtos, por exemplo, podem ser repaginados a partir dessa análise.

Entender o comportamento do consumidor é algo com que toda organização deveria se preocupar. Assim, é possível potencializar as vendas, bem como medir o nível de satisfação dos clientes.

O comportamento do consumidor é um processo complexo, mas que pode ser compreendido caso o gestor se disponha a adotar essas dicas.

Por isso, aproveite e comece a entender melhor o comportamento do seu consumidor e aumente as vendas da sua loja de materiais de construção. Caso tenha mais alguma dúvida ou informação, compartilhe conosco nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *